texas-moody
Blog

Webinário vai tratar dos desafios éticos enfrentados pelos jornalistas na era digital

As inscrições para os se encerram

As rápidas mudanças trazidas pela era digital têm criado novos desafios éticos que serão discutidos em um novo seminário online do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas em 16 de agosto, de 14h às 16h (horário de Brasília). As inscrições estão abertas.

O webinário de duas horas "Ética jornalística na era digital" será conduzido em inglês pelo professor Edward Wasserman, Knight Chair em Ética Jornalística na Universidade Washington and Lee. Jornalistas da América Latina e do Caribe têm até 11h do dia 16 de agosto para se inscrever aqui.

Professor Wasserman se concentrará nos novos desafios que os jornalistas encaram quando a revolução tecnológica os coloca em grande risco de violar regras de conflito de interesse. “Eu acho que conflito de interesse está surgindo como uma questão verdadeiramente jornalística na era digital porque mais e mais jornalistas estão praticando jornalismo como uma das numerosas coisas que fazem", disse Wasserman.

O professor de ética acha que quando os jornalistas se voltam para outras fontes de renda, "o jornalismo que eles fazem pode ser afetado por isso", disse ele. "Há sempre uma tentação de ver o jornalismo como uma espécie de teste para outros empregos e quando você está fazendo isso, corre um risco enorme de fazer jornalismo pior ou que está em conflito".

"O outro problema é que as organizações de notícias estão tão ansiosos por fontes de receitas que não são talvez tão rígida como haviam sido, tradicionalmente, sobre resistir a influência de potenciais financiadores", explicou. Mais organizações estão patrocinando repórteres para cobrir determinados temas, que "significa que você está fundamentalmente permitindo que alguém de fora dirija a maneira como você usa seus recursos de redação."

Além de suas funções de ensino na Universidade de Washington e Lee, Wasserman também escreve uma coluna de distribuição nacional na mídia para McClatchy-Tribune News Service. Ele é membro do conselho executivo da Associação pela Ética e Prática Profissional (APPE, na sigla em inglês) e atua no conselho editorial da revista Journal of Mass Media Ethics. No passado, ele foi editor executivo de negócios do The Miami Herald e CEO e editor-chefe da cadeia de jornais Daily Business Review. Ele também ministrou o curso online do Centro Knight, "Ética Jornalística para a Era Digital".

Junto com a questão do conflito de interesses, Wasserman discutirá como evitar danos e problemas de privacidade que evoluíram no mundo digital. Redações agora podem "empurrar histórias para publicação muito mais rapidamente do que aquelas do ambiente impresso com o qual estávamos acostumados", disse ele. A questão, então, é como você consegue conciliar a necessidade de ser competitivo e relevante "com a necessidade moral de tentar ser justo e minimizar qualquer possível dano?"

Mas, mesmo que o uso da tecnologia tenha "reformulado" alguns dilemas éticos, Wasserman não pretende focar o webinário inteiro em ética relacionada aos meios digitais. "Vai ser uma bonita varredura de duas horas, imersão total na ética contemporânea das redações e temos de começar com o básico sobre a maneira como certas doutrinas éticas descrevem o certo e o errado", explicou.

O professor de ética também dará à platéia bastante tempo para fazer perguntas durante o curso. Aqueles que desejarem se registrar podem fazê-lo aqui, até 16 de agosto às 11h. Será cobrada uma taxa administrativa de 30 dólares.

O Centro Knight foi fundado pelo professor Rosental Alves em agosto de 2002 com uma doação de US$ 2 milhões da Fundação John S. e James L. Knight com o objetivo de ajudar jornalistas da América Latina e do Caribe a aumentar a qualidade do jornalismo em seus países. O Centro também recebeu contribuições de outros financiadores como as Fundações Open Society e a Universidade do Texas.