Segunda Conference Latinoamericana sobre Diversidad en el Periodismo

2 setembro, 2022

Centro Knight anuncia Segunda Conferência Latino-Americana sobre Diversidade no Jornalismo, com evento virtual em 9 e 10 de setembro

Para dar continuidade às suas iniciativas para ajudar os jornalistas interessados ​​em promover diversidade, equidade e inclusão (DEI) nas redações e no jornalismo na América Latina, o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas sediará a Segunda Conferência Latino-Americana sobre Diversidade no Jornalismo. O programa DEI é patrocinado pela Google News Initiative.

As inscrições para a conferência, que será realizada virtualmente e em espanhol, são gratuitas. Inscreva-se hoje para o evento, que acontecerá nos dias 9 e 10 de setembro.

UT Knight Center Conferencia Latinoamericana sobre Diversidad en el Periodismo

“Vemos que muitas mudanças estão acontecendo na América Latina – políticas, sociais, econômicas – e é importante promover a diversidade, a equidade e a inclusão no que fazemos”, disse Mariana Alvarado, jornalista mexicana e coordenadora da conferência. “A América Latina é extremamente diversificada e devemos trabalhar para que o jornalismo seja mais igualitário, justo e represente todas as comunidades que compõem a América Latina.”

Alvarado disse que esta conferência “procura dar continuidade à conversa e ao trabalho que temos gerado para impulsionar a questão da diversidade na América Latina”.

A Primeira Conferência Latino-Americana sobre Diversidade no Jornalismo foi realizada em março de 2021. Ela atraiu mais de 2 mil jornalistas latino-americanos e se concentrou em quatro temas: perspectiva de gênero, orientação sexual, questões raciais e étnicas e pessoas com deficiência.

Em setembro, a discussão se aprofundará em DEI, com painéis e apresentações sobre populações indígenas e afrodescendentes na América Latina; diversidade sexual; migração e novas narrativas, veículos e iniciativas que promovem DEI no jornalismo latino-americano.

Alvarado disse que há falta de compreensão e cobertura dessas questões na mídia, mas muito interesse em saber mais.

Os tópicos do painel da  Segunda Conferência Latino-Americana sobre Diversidade no Jornalismo foram formados a partir do feedback que o Centro Knight recebeu de participantes de vários cursos, pesquisas e sessões de treinamento de DEI que o Centro realizou com a Google News Initiative desde o início de 2021, disse Alvarado.

“Estamos adaptando os temas às necessidades que temos detectado neste ano e meio que trabalhamos na iniciativa de promover a diversidade, tanto na cobertura jornalística quanto nas redações latino-americanas”, explicou.

“Somos gratos pelo apoio generoso da Google News Initiative a este programa do Centro Knight para promover a diversidade, equidade e inclusão entre jornalistas e organizações de mídia na América Latina. A GNI e seu líder na América Latina, Juan Manuel Lucero, foram inspiradores e já estamos vendo o impacto desse programa em toda a região”, disse o professor Rosental Alves, fundador e diretor do Centro Knight. “Também tivemos a sorte de ter Mariana Alvarado e outros jornalistas da América Latina tão dedicados aos nossos cursos, publicações e a esta conferência.”

A  Segunda Conferência Latino-Americana sobre Diversidade no Jornalismo é aberta a todos os jornalistas e comunicadores interessados ​​em promover a diversidade nas redações e na cobertura jornalística. A inscrição é gratuita e os participantes podem solicitar um certificado de participação, desde que participem nas quatro sessões principais da conferência

Esta segunda conferência faz parte de uma longa série de atividades do Centro Knight e da Google News Initiative para promover a divulgação e conscientização de DEI no jornalismo latino-americano.

Começou com o MOOC “Diversidade nas notícias e nas redações”, ministrado pelo jornalista peruano Marco Avilés em janeiro de 2021. Quase 2 mil pessoas da América Latina fizeram este curso em espanhol, que agora está disponível como um curso autodirigido e pode ser feito a qualquer momento, de qualquer lugar do mundo.

Primeira Conferência Latino-Americana sobre Diversidade no Jornalismo foi realizada em espanhol nos dias 26 e 27 de março de 2021. Todas as gravações em vídeo da conferência estão disponíveis no YouTube.

Em 17 de julho de 2021, o Centro Knight anunciou a publicação do livro eletrônico “Diversidade no jornalismo latino-americano”. Ele contém artigos de 16 jornalistas de sete países sobre como tornar as redações e a cobertura de notícias mais inclusivas. O e-book, em espanhol, pode ser baixado gratuitamente em JournalismCourses.org.

Após a publicação do e-book, o Centro Knight entrevistou mais de 400 jornalistas, editores, executivos de veículos, estudantes e professores de jornalismo de 15 países sobre temas relacionados à diversidade nas redações, a fim de preparar um segundo curso online sobre diversidade, equidade e inclusão (DEI).

O segundo curso online, “Como promover a diversidade, equidade e inclusão (DEI) no jornalismo latino-americano”, foi ministrado em espanhol em fevereiro e março deste ano. Atraiu mais de 500 participantes de 30 países e agora está disponível como um curso autodirigido. Pode ser feito a qualquer momento gratuitamente (sem necessidade de registro).

Além desse curso online, Alvarado e os instrutores realizaram sessões de treinamento de DEI com redações de Peru, Colômbia, México e Argentina.

E agora, a  Segunda Conferência Latino-Americana sobre Diversidade no Jornalismo dará continuidade a esse trabalho.

“A América Latina fez algum progresso em suas redações em termos de levar em conta esses temas e incluí-los em sua cobertura jornalística”, disse Alvarado. “Mas vemos que ainda há muito a ser feito para continuar incluindo ou promovendo essa agenda.”